Ir para página principal

Missão de Natal

O abrigo São Paulo, que esta prestes a fechar as portas, recebeu no último dia 07 os seminaristas do Seminário Arquidiocesano Coração Eucarístico de Jesus. A instituição abriga diariamente aproximadamente 200 moradores de rua, e fornece aos abrigados roupas, banho, dormitorio, acompanhamento com uma assistente social e auxilia na procura de novas oportunidade ajudando ao abrigado a encontrar meios de deixar a situação de rua.

O abrigo São Paulo é uma instituição da Sociedade São Vicente de Paulo que visa as obras de caridade mantendo os olhos fixos em Cristo e por isso, vem sofrendo um processo judicial, o qual levará a instituição a fechar as portas deixando ao relento 200 pessoas todas as noites. O presidente da instituição Willian explicou aos seminaristas, durante a missão, que um dos motivos alegados pelos autores do processo é o fato de que antes das refeições os abrigados são convidados a rezarem agradecendo a Deus pelo alimento e pelo teto.

Após a saudação e a explicação do fechamento do abrigo os seminaristas fizeram um momento de oração e o seminarista Alisson disse que o tempo do Advento é por excelência o tempo da espera e da alegria, e que o Salvador veio para todos independente da cor, classe social etc.e ao chegar no abrigo é perceptivel o clima de familia entre todos que ali trabalham e se abrigam e que o anúncio do fechamento do abrigo vai de desincontro com o sentido do natal.  O Seminarista ainda destacou que o texto biblico (Mt 3,1-12) fala do ato profetico de João Batista e que ao anuciar a Verdade e denunciando a realidade ele revela a presença de Deus o que a familia do abrigo São Paulo fez no dia 06 na Camara foi, assim como o profeta, um profetismo, revelando a presença de Deus.

Em seguida o seminarista Lucas Aguiar cantou o salmo 71 e finalizou dizendo que "feliz é aquele que nada tem e recorre a Deus porque confia no Senhor e dele recebe o que mais necessita" e como prova da felicidade os abrigados se juntaram aos seminaristas para cantar musicas religiosas e seculares.

A abrigada Priscila Rosa surpreendeu a todos os presentes com a sua voz finalizando a missão de natal.